Copa do Mundo da FIFA 2014™

Histórias da Copa

 

URUGUAI – 1930 - A primeira Copa do Mundo foi disputada no Uruguai, no centenário da sua independência e a seleção local conquistou o título com a goleada de 4x2 sobre a Argentina. Com a ausência das grandes seleções européias, as equipes sul-americanas dominam a cena. Considerado favorito, antes do início da competição, o Brasil fez uma péssima campanha.

ITÁLIA - 1934 - Uma Copa com sérios problemas políticos, devido ao ditador italiano Benito Mussolini. Existiram suspeitas de fraude para favorecer a seleção italiana, mas em campo, a Itália superou as fortes seleções da Espanha e da Áustria e conquistou o título com a virada de 2x1 sobre a Tchecoslováquia. O Brasil voltou a ser uma grande decepção, repetindo o fiasco de 1930 e não passando da primeira fase.

FRANÇA - 1938 - Essa foi a Copa que antecedeu a Segunda Guerra Mundial. Na partida final, a Itália confirma a sua superioridade sobre as outras seleções e conquista um merecido bicampeonato com a goleada de 4x2 sobre a Hungria. O Brasil finalmente melhora as suas participações e termina em 3º lugar e empolga os torcedores com o talento de Leônidas da Silva, artilheiro da Copa com sete gols.
BRASIL 1950 - A primeira e única Copa disputada no Brasil tem um desfecho trágico para o público brasileiro. Um empate no último jogo garantia o título ao Brasil, mas a seleção perde do Uruguai de virada, 2x1, e frustra os 200 mil torcedores que lotavam o Maracanã. A derrota ganhou o apelido de Maracanazo, e durante muitos anos assombrou a memória dos brasileiros.

SUÉCIA - 1958 - Essa é a Copa em que Pelé é apresentado para o Mundo. Após 28 anos de espera, o Brasil finalmente conquista seu primeiro Mundial e a competição marcou a estréia internacional de Pelé, o Rei do futebol, considerado um dos maiores craques de todos os tempos. CHILE 1962 - Com a mesma base de 1958, a seleção brasileira vence a Tchecoslováquia e conquista o bicampeonato. Contundido, Pelé ficou fora do mundial, mas Garrincha supriu a ausência do rei e liderou a seleção rumo ao título. A Copa do Chile foi marcada por apresentar jogos muito violentos.

INGLATERRA - 1966 – Com um gol duvidoso de Geoff Hurst, a Inglaterra vence os alemães na prorrogação e conquista seu primeiro e único Mundial, mas o triunfo fica manchado por suspeitas de favorecimento da arbitragem. Consideradas favoritas, pelo bicampeonato, as seleções do Brasil e da Itália foram eliminadas na fase de grupos, enquanto Portugal, do artilheiro Eusébio, mostra um futebol ofensivo e recebe os aplausos da crítica internacional.

MÉXICO - 1970 – Sob a batuta do Rei Pelé, craques como Rivelino, Tostão, Gérson, Carlos Alberto e Jairzinho, esbanjam talento no México e levaram o Brasil ao primeiro tricampeão mundial. A seleção brasileira mostrou ao mundo um futebol de talento, raça e alegria, assegurando o tri com uma goleada de 4x1 sobre a Itália.

ALEMANHA - 1974 - A Alemanha Ocidental repetiu o feito de 1954, quando venceu a Hungria e desta vez derrota a Holanda, a favorita disparada na opinião de torcedores e analistas. A seleção holandesa, sob o comando do craque Johan Cruyff derrotou o Brasil tricampeão na semifinal, mas não conseguiu superar a força e a disciplina tática dos alemães.

ARGENTINA - 1978 – Mais confusões políticas marcam uma Copa do Mundo, gerando inúmeros protestos. Nos gramados, a seleção da Argentina conquista seu primeiro Mundial, derrotando a Holanda, que pela segunda vez, fica com o vice-campeonato.

ESPANHA - 1982- Nos gramados, o show inicial foi da Seleção Brasileira de Zico, Falcão e Sócrates, mas o time brasileiro encontrou pela frente a Itália e perdeu por 3x2, abrindo a chance de o time italiano conquistar mais um título. Com os 3x1 sobre a Alemanha Ocidental, a Itália do artilheiro Paolo Rossi quebra um jejum de 48 anos e conquista o tricampeonato.

MÉXICO - 1986 – O craque Maradona lidera a Argentina rumo ao bicampeonato mundial e se consagra o maior jogador dos anos 80. Nas quartas-de-final, a França elimina a seleção brasileira nos pênaltis, mas novamente é barrada na semifinal pela Alemanha, que cai diante dos argentinos.

ITÁLIA - 1990 – A Alemanha dá o troco na Argentina e conquista o seu tricampeonato mundial. A Copa teve jogos ruins, tecnicamente e foi considerada a mais defensiva da história. Além do título para a seleção alemã, a Copa da Itália teve como destaques as seleções de Camarões e Colômbia, que chegaram a ser cotadas para o título.

ESTADOS UNIDOS - 1994 – Foram necessários 24 anos, após a conquista do último título, para a Seleção Brasileira, dos baixinhos Romário e Bebeto, voltar a levantar a taça do mundo. Na primeira decisão por pênaltis da história, italianos e brasileiros brigavam pelo tetracampeonato. No final, o atacante Roberto Baggio desperdiça a cobrança de pênalti e o Brasil finalmente volta a ser campeão mundial.

FRANÇA - 1998 - O francês Jules Rimet idealizou a Copa do Mundo e a seleção francesa provou o gosto de ser campeã, depois de 68 anos do início da competição. O time francês foi comandado pelo craque Zidane e em campo, a seleção apresentou o melhor ataque e a melhor defesa da competição. O jogo final foi contra a seleção tetracampeã do Brasil, mas a França não teve pena e aplicou uma goleada de 3x0.

JAPÃO - 2002 – Com dois gols de Ronaldo, na final contra a Alemanha, o Brasil garantiu o penta campeonato. A equipe chegou desacreditada para disputar o torneio mundial na Ásia. Mas a campanha surpreendeu e o Brasil venceu todos os seus jogos e marcou 18 gols, terminando com o melhor ataque da competição.

ALEMANHA - 2006 – Considerado favorito, o Brasil decepcionou, perdendo para a França e deixando o caminho aberto para a Itália que mostrou a melhor defesa da história das Copas. O time italiano superou o trauma dos pênaltis e conquistou o tetra campeonato numa bela final contra a França.

ÁFRICA DO SUL - 2010 –A décima nona edição da Copa do Mundo foi realizada pela primeira vez no Continente Africano, no período de 11 de junho a 11 de julho, tendo como sede a África do Sul. Trinta e duas seleções participaram da competição, sendo 13 européias, 8 americanas, 6 africanas, 3 asiáticas e 2 da Oceania. O título ficou com a seleção espanhola que venceu a Holanda, por 1x0. A decepção ficou com o Brasil, a Argentina, França e Inglaterra, que não conseguiram chegar as fases finais.

Governo da Bahia. Terra de Todos Nós.
SECOPA - Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014
Alameda dos Umbuzeiros, nº 78, Caminho das Árvores. Cep: 41820-680
Ou Alameda dos Sombreiros, nº 749, Caminho das árvores. Cep: 41.820-420
Salvador -BA.
Telefone Geral (71) 3103-1500

Todo o conteúdo deste portal pode ser utilizado livremente, desde que a fonte seja citada.